Chelsea, Inter de Milão e Napoli tentam avançar na Liga da Europa

SÃO PAULO - Os 16 jogos que dão início nesta quinta às fases eliminatórias da Liga Europa vão começar a separar o joio do trigo. Chelsea, Atlético de Madrid, Inter de Milão e Napoli devem provar que pertencem mesmo ao segundo saco, o dos cereais, e não ao das ervas daninhas.

O Estado de S. Paulo

13 de fevereiro de 2013 | 20h14

O Atlético de Madrid espera repetir a boa colheita do ano passado – em que foi campeão – contra o Rubin Kazan no Vicente Calderón. Curiosamente, a partida marca a estreia de Falcao García, poupado na fase de grupos para se dedicar unicamente ao Campeonato Espanhol – o Atlético é o vice-líder com sete pontos de vantagem sobre o Real Madrid.

Os espanhóis têm a marca impressionante de 20 vitórias consecutivas em casa (mas somam um empate e duas derrotas nos últimos jogos fora do seu celeiro pelo Espanhol). Jogando em casa, o time do técnico Diego Simeone deixa apenas uma dúvida contra o sétimo colocado no Campeonato Russo: vai definir a vaga ou restará um ramo de esperança para os russos na partida volta?

Depois de ficar em terceiro lugar no seu grupo na Copa dos Campeões, o Chelsea entra como favorito no confronto contra o Sparta Praga, fora de casa. A bola dos Azuis, no entanto, está bem mais baixa. Brigando com o Tottenham pelo terceiro lugar no Campeonato Inglês, o time de Oscar e Ramires alterna bons e maus momentos, e por isso, o técnico Rafa Benítez balança no cargo. Na safra, até agora, prejuízos com a perda do Mundial para o Corinthians e a eliminação na Copa da Liga Inglesa.

Voltam ao time o zagueiro John Terry, recuperado de uma inflamação no joelho direito, e o meia Juan Mata, que superou um resfriado. Por outro lado, estão foram os nigerianos Moses e Mikel, campeões da Copa Africana, e o atacante Demba Ba, que já jogou o torneio pelo Newcastle. "A Liga Europa é um torneio espetacular e estamos felizes por disputá-la", disse o técnico Rafael Benítez.

Distante da briga pelo título italiano, a Inter transformou a Liga Europa na salvação da lavoura na temporada. Nesta quinta, vai visitar o Cluj, campeão romeno que também vem da Copa dos Campeões: ficou em terceiro no Grupo que tinha Manchester United, Galatasaray e Sporting. "Não vamos cometer o erro de menosprezá-los. O Cluj é um time que venceu o United no Old Trafford e merece todos os cuidados", disse o técnico Andrea Stramaccioni.

O Napoli perdeu terreno para a Juventus na última rodada do Campeonato Italiano – a distância agora é de cinco pontos –, mas vai tentar se recuperar na partida contra o Viktoria Plzen, repetindo o discurso da Inter de respeito ao adversário. "Eles venceram o Atlético de Madrid, atual campeão, e mostraram que são competitivos", disse o técnico Walter Mazzari, que não confirmou a escalação. "Vamos escolher a formação de acordo com as condições físicas dos atletas."

Também merece destaque o jogo do Liverpool, que vai visitar o Zenit, em São Petersburgo, tentando superar o inverno reeditar o seu tempo das boas colheitas.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterLiga da Europa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.