Chelsea não comenta futuro de Tevez

O Chelsea não confirma mas também não nega os rumores que indicam que o argentino Tevez estaria no radar do time para a temporada 2005/2006. "Não negamos nem confirmamos essa informação. Não temos nada a dizer no momento", afirmou Helen Wood, porta-voz do time inglês, para a Agência Estado. Os rumores de que a transferência de Tevez do Boca Junior ao Corinthians fosse apenas um trampolim para que o argentino chegasse ao clube inglês estão baseadas no fato de que o dono do Chelsea, o magnata russo Roman Abramovich é afilhado político do também milionário russo Boris Berezovski. Berezovski, apesar de negar sua participação na MSI que fechou acordo com o Corinthians, declarou que está disposto a considerar o financiamento da construção de um estádio para o time paulista. Tanto Berezovski como Abramovich contam com negócios em Londres. Berezovski vive com o estatus de refugiado político na Inglaterra, de onde controla seus negócios. Um dos principais inimigos do presidente russo, Wladimir Putin, Berezovski se diz "grande amigo" de dono da MSI, o iraniano Kia Joorrabchian. Já Abramovich fez sua fortuna em parte graças à Berezovski. Em 1995, os dois magnatas se uniram para comprar uma das maiores empresas de petróleo da Rússia, a Sibneft. Quando Berezovski foi obrigado a se exilar em Londres, há quatro anos, Abramovich passou a controlar a companhia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.