Chelsea oferece 31 milhões de euros por Robinho

Clube afirma que não desistirá do jogador do Real; brasileiro já declarou interesse em trabalhar com Felipão

Ansa

25 de julho de 2008 | 10h49

O Chelsea voltou a fazer uma proposta para ter o jogador Robinho em seu elenco já na temporada 2008/2009. O diretor-geral do clube, Peter Kenyon, ofereceu nesta sexta-feira, 31 milhões de euros (cerca de R$ 80 milhões) pelo jogador do Real Madrid.   "Robinho, como muitas vezes declarou nosso treinador [Luiz Felipe Scolari], é um talento especial. Se pudéssemos trazê-lo não hesitaríamos nem um instante. Já expressamos nosso interesse pelo brasileiro, e tivemos alguns encontros com o Real", revelou Kenyon que afirmou que continuará em contato com os espanhóis.   Nas últimas semanas Robinho não escondeu seu desejo de se transferir para a equipe de Stanford Bridge, comandada desde o início de julho por Felipão.   Declarações também levaram o Real Madrid a propor a Robinho um novo contrato mais lucrativo, um acordo de cinco anos e três milhões de euros por temporada. Tal oferta foi recusada pelo brasileiro, que sabe que poderá ganhar até o dobro no Chelsea.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.