Chelsea paga fortuna para ter Roberto Carlos

O Chelsea de Londres está disposto a oferecer um contrato milionário ao lateral brasileiro Roberto Carlos, estimado em 6 milhões de euros líquidos por ano, num espaço de quatro anos. Esse contrato constituiria o reconhecimento de que Roberto Carlos é um jogador do mesmo nível técnico, mas também salarial de Zidane, Ronaldo e Beckham. Exigindo um salário semelhante a de seus colegas, o jogador brasileiro pretende precipitar sua saída, apesar dele mesmo ter desmentido estar em adiantados contatos com o clube inglês. A verdade é que depois de oito anos no Real Madri, tudo indica que o processo de divórcio entre o clube e o jogador já começou. O Real Madri já está se aproximando de alguns laterais esquerdos para nao ser surpreendido por uma eventual transferência de Roberto Carlos, entre eles o jogador da República dos Camarões, Thimotée Atouba, atualmente jogando em Bâle, na Suíça. A direção do Real tem contatos também com o jogador do Celta Vigo, Juanfran, preparando -se para a eventualidade de Roberto Carlos insistir em deixar o clube, mesmo se o jogador tenha contrato com Real Madri até o final da temporada de 2005. Florentino Perez, presidente do Real Madri, ainda muito recentemente afirmou "não desejar que permaneça no Real Madri nenhum jogador com dúvidas", preferindo facilitar sua saída. Isso já ocorreu há meses atrás com o francês Makelele, da seleção francesa e que partiu para o próprio Chelsea pelas mesmas razões. A verdade é que foi aberto o mercado de verão e os clubes começam a se lançar em transações para reforçar seus elencos para a próxima temporada. Na França, Dehu, capitão do Paris Saint Germain e o defensor Sorin estão de partida para o Olympique de Marselha. Outro argentino, Heinze é o novo contratado do Manchester United da Inglaterra. Esses são apenas alguns exemplos das mudanças que deverão ocorrer nos próximos dois meses, antes de ser relançada a nova temporada do futebol europeu. Esse ano, a melhor vitrine será o campeonato da Europa das nações, o Euro 2004, cujo inicio está previsto para meados de junho, em Portugal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.