Divulgação
Divulgação

Chelsea renova o contrato de John Terry até o meio de 2016

Zagueiro de 34 anos vai completar 18 temporadas no clube londrino

Estadão Conteúdo

26 Março 2015 | 15h01

Um dos maiores ídolos da história do Chelsea, o zagueiro John Terry ganhou um novo contrato com o clube. Ele assinou nesta quinta-feira uma extensão do vínculo, que ia até o fim da atual temporada. Agora, o veterano de 34 anos permanecerá em Stamford Bridge pelo menos até o meio de 2016, quando completará sua 18.ª temporada com a camisa azul.

Terry é o único jogador do Chelsea remanescente da era "pré-Roman Abramovich", o bilionário russo que comprou o clube em 2003. Formado nas divisões de base de Stamford Bridge, o jogador chegou aos profissionais em 1998, teve uma rápida passagem por empréstimo pelo Nottingham Forest, mas logo voltou e se tornou um dos principais líderes do elenco, sobrevivendo à grande reformulação após os dólares investidos por Abramovich.

"Eu estou muito feliz por ter assinado uma extensão do meu contrato com o Chelsea. Após ganhar mais um troféu para a minha coleção este mês, espero que eu, os jogadores e o técnico possamos continuar trazendo sucesso ao nosso clube. Jogar por este grand clube me faz muito orgulhoso. E como sempre, eu quero agradecer aos torcedores por continuamente me apoiarem", declarou.

Terry já atuou em 661 partidas com a camisa do Chelsea, tendo conquistado 13 troféus. O principal deles foi a Liga dos Campeões de 2011/2012. Capitão da equipe, ele também levantou a Copa da Liga Inglesa desta temporada, no início do mês. Grande líder do elenco, ele foi elogiado pelo técnico José Mourinho.

"Este novo contrato não é para dizer ''muito obrigado'', é porque John continua a jogar bem. Ele é um dos melhores zagueiros. Estou feliz porque ele merece completamente este novo contrato depois de uma temporada na qual ele já atuou em 40 partidas", apontou o português.

Mais conteúdo sobre:
futebol internacional Chelsea John Terry

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.