Dimitris Legakis/EFE
Dimitris Legakis/EFE

Chelsea sofre, mas vence Swansea e encosta no G-4 do Campeonato Inglês

Fabregas marca o gol da vitória por 1 a 0 que deixa equipe a dois pontos de distância do Tottenham

Estadão Conteúdo

28 de abril de 2018 | 15h38

Foi com sofrimento no final, mas o Chelsea derrotou o Swansea por 1 a 0 neste sábado, fora de casa, e conseguiu se aproximar de uma vaga no G4 do Campeonato Inglês. Fàbregas marcou o gol da importante vitória e o goleiro Courtois fez grande partida válida pela antepenúltima rodada.

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

+ Ameaçados de queda, Southampton e West Bromwich vencem

+ Mais notícias do Campeonato Inglês

O Chelsea foi a 66 pontos e agora ficou a apenas dois de distância do Tottenham, o quarto colocado, e última equipe na zona de classificação para a Liga dos Campeões. O Tottenham receberá o Watford na segunda-feira e pode aumentar a vantagem. O Swansea está na beira da zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 33 pontos.

O gol da vitória saiu aos três minutos de partida. Hazard arrancou pela intermediária e tocou para Fàbregas na direita. O volante espanhol bateu colocado e deixou o Chelsea em vantagem.

A partida seguiu bastante equilibrada, com chances de gol para as duas equipes. Nos 10 minutos finais, o Swansea passou a pressionar mais e foi a vez de Courtois aparecer no jogo. Ele fez ao menos duas boas defesas que garantiram a vitória no placar para a equipe visitante.

O Chelsea agora tem um importante duelo na luta para se garantir na Liga dos Campeões da próxima temporada. No domingo, dia 6 de maio, fará o clássico contra o Liverpool em casa, pela penúltima rodada do Inglês. O próximo adversário ocupa a terceira colocação na tabela com 72 pontos.

A favor do Chelsea tem o cansaço do Liverpool, que chegará para a partida depois de ter disputado uma semifinal de Liga dos Campeões contra a Roma. O Liverpool venceu o jogo de ida em casa por 5 a 2 e visitará o time italiano na quarta-feira, às 15h45.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.