Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Chelsea vence Wigan no Inglês na estreia de Oscar

O Chelsea iniciou a sua participação no Campeonato Inglês com uma tranquila vitória. Neste domingo, fora de casa, no DW Stadium, o atual vencedor da Liga dos Campeões da Europa fez os seus gols nos 10 minutos iniciais e derrotou o Wigan por 2 a 0. A partida marcou a estreia do meia brasileiro Oscar, que entrou durante o segundo tempo, no clube londrino.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2012 | 11h32

O ex-jogador do São Paulo e Internacional estreou, mas o principal destaque do Chelsea na partida foi outro jogador recém-contratado. O meia belga Eden Hazard, que chegou do Lille, da França, participou dos dois gols do time londrino, marcados logo no começo do jogo contra o Wigan.

No primeiro minuto, em um rápido contra-ataque, Hazard lançou o lateral-direito Ivanovic, que avançou em velocidade e finalizou para abrir o placar. Aos cinco minutos, Hazard sofreu pênalti, cometido por Ramis. A cobrança foi convertido por Lampard.

Com a vantagem obtida, o Chelsea diminuiu o ritmo no restante do primeiro tempo e permitiu que o Wigan criasse chances de gol com Di Santo e Moses. O time da casa, porém, parou no goleiro Cech e também nas boas intervenções do zagueiro brasileiro David Luiz.

Na etapa final, o Chelsea retomou o controle do jogo e desperdiçou uma boa oportunidade logo no começo com Fernando Torres. Aos 19 minutos, Oscar substituiu Hazard. Em uma das duas primeiras jogadas, ele avançou em velocidade, passou pelo seu marcador e finalizou da entrada da área. A bola passou perto da trave, mas foi para fora.

Nos minutos finais, o Chelsea diminuiu o ritmo, o Wigan tentou diminuir a vantagem do time londrino e o meia espanhol Jordi Gómez desperdiçou duas chances. Assim, a partida terminou mesmo com a vitória do Chelsea por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.