Chelsea vira e elimina o Arsenal na Copa da Inglaterra

Drogba faz o gol da vitória da equipe por 2 a 1 sobre o rival na semifinal do torneio no Estádio de Wembley

Agencia Estado

18 de abril de 2009 | 15h44

O Chelsea continua mostrando que é um time de chegada. Após passar pelo Liverpool na Liga dos Campeões e avançar às semifinais, a equipe do técnico Gus Hiddink venceu o Arsenal de virada neste sábado, por 2 a 1, e está na final da Copa da Inglaterra. Em jogo disputado no Estádio de Wembley, o Chelsea conseguiu a classificação para encarar o vencedor do confronto entre Manchester United e Everton, que se enfrentam neste domingo.

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Apesar da vitória, o Chelsea teve muita dificuldade para bater o adversário, que também tem vaga garantida nas semifinais da Liga. Foi o Arsenal que saiu na frente, com o gol de Walcott, ainda aos 17 minutos de partida. Atrás no placar, a equipe de Hiddink se lançou ao ataque, já que não queria desperdiçar a única oportunidade de conquistar uma competição nacional nesta temporada - não tem mais chances de título no Campeonato Inglês e a Copa da Liga Inglesa foi vencida pelo Manchester.

O empate veio ainda no primeiro tempo. Aos 33, Malouda deixou tudo igual em Wembley. Na segunda etapa, o confronto seguiu equilibrado e as duas equipes tinham chances de chegar ao gol. Nos minutos finais, o Chelsea pressionou e acabou conseguindo o gol salvador. O centroavante Drogba, que vem em grande fase - coincidentemente após a saída do técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari -, recebeu lançamento aos 37 minutos, ganhou da zaga do Arsenal na corrida, passou pelo goleiro e tocou para o gol vazio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.