Chicão diz que Corinthians não pode abaixar a cabeça

SÃO PAULO - O empate com o Vitória neste domingo deixou o título mais distante do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Decepcionado com o resultado, o zagueiro Chicão reconheceu que a situação está complicada, mas pediu para os jogadores não "abaixarem a cabeça".

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 20h43

Veja também:

link JOGO - Leia como foi Vitória 1x1 Corinthians

Com o empate por 1 a 1, o Corinthians caiu para a segunda posição e precisa torcer para o líder Fluminense tropeçar diante de Palmeiras ou Guarani, nas últimas duas rodadas. "A situação é difícil, mas não podemos abaixar a cabeça. Vamos torcer para as equipes que vão enfrentar o Fluminense", afirmou o zagueiro.

Embora tenha pedido para o elenco não se abalar após o empate, Chicão mostrou certa decepção com as chances desperdiçadas pelo Corinthians. "Não adianta a gente falar agora. Deveríamos ter aproveitado as oportunidades e ter feito os gols", alfinetou o defensor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.