Chicão e Valdivia recebem apenas advertência do STJD

O zagueiro Chicão e o meia Valdivia receberam apenas uma advertência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em julgamento realizado nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Com a decisão, o defensor do Corinthians está liberado para enfrentar o Santos no clássico de domingo, no Pacaembu.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 17h24

"Fico feliz, a absolvição foi pelo reconhecimento de tudo que faço. Estava preocupado, são dois clássicos em seguida e seria ruim não poder ajudar", comemorou Chicão, que lamentou o desentendimento com Valdivia, no clássico com o Palmeiras, no dia 28 de agosto.

"Como capitão do Corinthians tenho de procurar dar exemplo e vou procurar fazer isso", comentou o zagueiro, que trocou acusações com Valdivia ao final do jogo. "São as lições que a gente vai aprendendo. Tem muitas crianças vendo jogos nossos, então não posso fazer isso".

Em caso de punição, Chicão poderia ficar de fora dos clássicos com o Santos, neste domingo, e com o São Paulo, quarta-feira, no Morumbi. Por conta do julgamento, o técnico Tite chegou a adiar a definição do time do Corinthians para o treino de sábado.

Valdivia, por sua vez, não chegou a temer a suspensão. O meia do Palmeiras está afastado dos gramados por causa de uma lesão e só deve voltar ao time dentro de um mês.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPalmeirasSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.