Reuters/Stefano Rellandini
Reuters/Stefano Rellandini

Chiellini cobra foco da Juventus para momentos decisivos em três competições

Equipe decide nesta terça-feira, uma vaga para a final da Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2017 | 16h06

O zagueiro Chiellini cobrou foco do elenco da Juventus neste momento decisivo da temporada e lembrou que é preciso vencer etapas antes de atingir os objetivos do clube. A equipe de Turim decide, nesta terça-feira, às 15h45 (horário de Brasília), contra o Monaco, uma vaga na final da Liga dos Campeões - no duelo de ida, os italianos venceram por 2 a 0, em Montecarlo.

"É prematuro falar de Cardiff (palco da decisão da Liga dos Campeões). Primeiro, temos que chegar lá. Temos ainda uma partida pela frente que esconde muitas armadilhas", pregou o defensor nesta segunda, na entrevista coletiva oficial antes do confronto diante do time francês.

Chiellini valorizou a força da defesa da Juventus, que sofreu poucos gols na Liga dos Campeões, mas destacou também a qualidade dos outros setores da equipe e a capacidade dos jogadores de se sacrificar em benefício do coletivo.

"Tomamos poucos gols porque somos um time equilibrado, porque todos se sacrificam. O futebol é bonito porque se joga com 11 e deve haver uma química especial entre os jogadores", enfatizou o zagueiro.

O experiente defensor - campeão da Copa do Mundo de 2006 pela Itália - também comparou as qualidades dos dois jogadores mais badalados dos atuais elencos: Mbappé, no Monaco, e Dybala, na Juventus.

"São diferentes, seja pelas características físicas ou pelo modo de se posicionar em campo. Paulo (Dybala) é um jogador de grupo que vem com a bola dominada e ajuda o time na armação. Mbappé se destaca pela profundidade e é um homem de área, conforme os seus números demonstram", analisou Chiellini.

O zagueiro italiano também demonstrou preocupação com a concentração da equipe para conseguir superar todos os desafios nessa reta final de temporada. Além do título na principal competição europeia, a Juventus terá um jogo que poderá confirmar o título italiano no próximo domingo, diante da Roma, e decidirá a Copa da Itália contra a Lazio.

"Não penso nisso (tantas decisões). Por ora, devemos chegar a Cardiff, depois deveremos jogar pelo scudetto e enfim pela Copa da Itália. Lutamos por nove meses para chegar a este objetivo. É justo que os torcedores sonhem, mas devemos pensar no presente, porque amanhã teremos que correr, suar, lutar para chegar ao primeiro objetivo, que é jogar das as competições até o fim", complementou Chiellini.

Depois do treino desta segunda-feira, o técnico Massilimiano Allegri divulgou a lista dos jogadores relacionados para a partida diante do Monaco. A relação não contém surpresas. Os atletas disponíveis para o confronto são, por ordem numérica das camisas: Buffon, Chiellini, Benatia, Pjanic, Khedira, Cuadrado, Marchisio, Higuain, Alex Sandro, Mattiello, Barzagli, Mandzukic, Lemina, Bonucci, Dybala, Asamoah, Dani Alves, Neto, Lichtsteiner, Sturaro, Rincon, Audero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.