Olivier Morin/AFP
Olivier Morin/AFP

Chiellini lamenta lesão e ausência na final: 'Desta vez era impossível'

Referência da Juventus, zagueiro deseja sorte a companheiros

Estadão Conteúdo

05 de junho de 2015 | 11h50

Um dos grandes líderes da Juventus em campo, o zagueiro Giorgio Chiellini perderá neste sábado o grande momento do clube nos últimos anos. Em Berlim, o time de Turim decidirá a Liga dos Campeões, contra o Barcelona, pela primeira vez desde 2003 e o jogador ficará de fora por conta de uma lesão muscular.

"Jogar a final de uma Liga dos Campeões é o sonho que milhões de crianças já tiveram, mas algumas vezes o destino age de forma estranha", escreveu em sua página no Instagram. "Obrigado a todos pelas muitas mensagens de afeto que recebi", completou.

Chiellini vinha participando normalmente do fim de temporada da Juventus até a última quarta-feira, quando, durante um treinamento, acusou dores na panturrilha esquerda. No dia seguinte, ele passou por exames que confirmaram uma pequena ruptura no músculo, mas o jogador garantiu que soube da gravidade do problema no momento em que aconteceu.

"Eu imediatamente percebi a importância da lesão. Eu esperava estar errado ou ser capaz de me recuperar em tempo recorde como fiz em outros momentos, mas desta vez era impossível", afirmou o jogador, antes de desejar boa sorte aos companheiros e prometer ficar na torcida pelo título.

"A Juventus é feita de grandes homens e jogadores, tenho certeza que meu time lutará em campo mais do que nunca. Eles vão mostrar ao mundo a garra, a força e a determinação que eu colocaria nesta final, e todos juntos vamos conseguir alcançar este sonho. Meus amigos, eu estarei lá amanhã para torcer e sofrer por um único objetivo... Ganhar este troféu! Vencer não é importante, é a única coisa que importa. Até o fim", escreveu.

TEMPO REAL DO ESTADÃO

O Estadão te deixa informado sobre todos os lances do jogão deste sábado em tempo real! Confira tudo o que acontece entre Juventus e Barcelona em Berlim clicando aqui!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.