Alberto Lingria / Reuters
Alberto Lingria / Reuters

Chievo perde 3 pontos no Campeonato Italiano por fraudar contabilidade

Dirigentes do clube foram punidos com suspensão por seis semanas

Estadão Conteudo

13 Setembro 2018 | 10h34

A Federação Italiana de Futebol puniu o Chievo nesta quinta-feira sob alegação de que o clube fraudou sua contabilidade nos últimos anos. O clube de Verona foi multado em 200 mil euros (cerca de R$ 962 mil) e teve determinada a perda de três pontos na tabela do Campeonato Italiano.

Com a decisão, o Chievo ficará com pontuação negativa na classificação: -2. Até agora, o time ainda não venceu na competição. Em três rodadas disputadas, foram dois empates e uma derrota. Além disso, o presidente do clube, Luca Campedelli, foi suspenso pelo período de três meses.

Pela avaliação inicial da Federação, o Chievo correu o risco de sofrer a punição na tabela da temporada passada, o que poderia resultar até em rebaixamento para a segunda divisão. Mas esta possibilidade acabou sendo descartada. Na investigação, a acusação pediu a perda de 15 pontos para o time.

A equipe foi punida por ter fraudado suas contas nos últimos anos. Segundo a apuração, o clube acrescentou 27 milhões de euros (R$ 129 milhões) aos valores reais referentes a contratações de jogadores junto ao Cesena, da segunda divisão, entre os anos de 2015 e este ano.

Dirigentes do Chievo, próximos ao presidente, também foram punidos, com suspensão de seis semanas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.