Chile anuncia US$ 200 mil de prejuízo

Com o adiamento da Copa América para o ano que vem, os primeiros efeitos começam a surgir. A federação chilena, pro exemplo, anunciou que terá um prejuízo equivalente a US$ 200 mil por causa do adiamento. Segundo o tesoureiro da entidade, Pablo Hoffmann, esse era o ganho previsto com a participação na competição. A medida também deve significar mudanças no calendário do Campeonato Chileno. Por causa da Copa América, o futebol local ficaria um mês em recesso. Hoffman disse que a federação já convocou uma reunião extraordinária para analisar a situação e propor alternativas ?para que o país não fique sem futebol?. O técnico Pedro Gacria cancelou a preparação chilena, que começaria nesta segunda-feira e dispensou os jogadores. Os dirigentes e técnicos dos clubes, no entanto, não gostaram do adiamento da Copa América e muito menos da proposta de adiantar o início da Campeonato Chileno. Eles argumentam que já tinham amistosos programados. ?Isso está planejado desde o começo do ano e temos compromissos econômicos para cumprir?.As federações argentina e uruguaia também está programando antecipar o início dos campeonatos nacionais, previsto para 3 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.