Chile pega Uruguai em jogo que interessa ao Brasil

O Chile receberá o Uruguai nesta quarta-feira, às 20h10 de Brasília, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2010, em partida que interessa ao Brasil.

EFE,

31 de março de 2009 | 22h38

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Os chilenos estão em terceiro lugar, com 19 pontos, logo à frente dos brasileiros, que somam 18. A seleção uruguaia, por sua vez, aparece em quinto, com 16.

Dependendo do resultado do compromisso contra os peruanos em Porto Alegre, os brasileiros poderão terminar a rodada na quinta posição, fora da zona de classificação direta ao Mundial.

O Chile chega a Santiago embalado pela vitória de 3 a 1 sobre o Peru, no domingo.

A tendência é que o técnico argentino Marcelo Bielsa escale a equipe com três zagueiros. A defesa seria comandada pelo experiente Pablo Contreras, que deve começar jogando.

O ataque vai contar com o trio que funcionou no jogo de Lima, com Alexis Sánchez, Humberto Suazo e Mark González.

A dúvida fica por conta do meia Matías Fernandez, com dores no tornozelo esquerdo. No entanto, o jogador do Villarreal deverá estar em campo, pois participou normalmente dos treinamentos.

O goleiro Claudio Bravo disse que espera um duelo difícil contra os uruguaios e alertou para o perigo que a jogada aérea do adversário representa.

"Esperamos um duelo muito complicado, especialmente no jogo aéreo, no qual apresentamos problemas na outra partida. Mas trabalhamos muito e isso nos dá um pouco de tranquilidade", disse.

Para Bravo, o Uruguai deve entrar em campo com uma postura ofensiva e não se contentará com o empate em Santiago. "O Uruguai se caracteriza por ter um bom jogo. Portanto, acho difícil que joguem na retranca", disse.

Pelo lado da seleção treinada por Oscar Tabarez, o clima é de confiança. Principalmente após a vitória de 2 a 0 sobre o Paraguai, com gols de Diego Lugano e Diego Forlán.

No entanto, o meia Sebastian Eguren pregou respeito ao adversário, que faz boa campanha nas Eliminatórias.

"O Chile é um adversário complicado, que joga bem e sabe o que quer. Mas o Uruguai tem qualidade para conseguir os três pontos em Santiago", disse.

O zagueiro Diego Godín, que vinha sofrendo com dores musculares, chegou a ser dúvida, mas se recuperou e está confirmado entre os titulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.