Chile vence a Venezuela em casa

A seleção do Chile derrotou a Venezuela nesta quinta-feira, em Santiago, por 2 a 1, chegou aos 20 pontos ganhos e alcançou a Colômbia na classificação das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2006 . Os dois gols do Chile foram marcados por Luis Jimenez, aos 30 do primeiro tempo e aos nove do segundo. Ruberth Morán, a oito minutos do final fez o único gol da Venezuela. Na próxima rodada, dia 3 de setembro, o chilenos enfrentam o Brasil, fora de casa. A Venezuela - que permanece com 15 pontos ganhos - recebe o Peru. A partida começou bastante equilibrada. Jogando na casa do adversário, a Venezuela se fechava na defesa e saia no alguma rapidez nos contra-ataques. O Chile, por sua vez, tentava pressionar, mas não conseguia criar momentos de perigo. A saída passou a ser os chutes de longa distância. Aos 8 minutos, Jimenez dispara um chute de fora de área e leva perigo ao gol venezuelano. Aos 13, numa joga muito parecida, David Pizarro obriga o goleiro Dudamel a fazer ótima defesa. O primeiro gol, no entanto, saiu aos 30. Pizarro tenta um chute de longe, mas a bola desvia e encontra Jimenez no meio da área. O chileno, de voleio, fuzila para o gol para fazer 1 a 0. Em desvantagem, a Venezuela saiu um pouco mais para o ataque e voltou a equilibrar o jogo. No segundo tempo o Chile retomou a pressão e esteve muito perto de marcar aos 15 segundos de jogo, com Patrício Galaz. Aos 9 minutos não teve jeito. Numa jogada individual - que começou no meio do campo - Jimenez avança e chuta forte. A bola ainda desvia na zaga, sem chances de defesa para Dudamel. No final, a Venezuela diminuiu com gol de Moran, mas já não havia chances de recuperação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.