Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Chiquinho e Geuvânio recebem propostas e devem deixar o Santos

Flamengo e futebol da China são os possíveis destinos da dupla

O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2015 | 07h00

O lateral-esquerdo Chiquinho e o atacante Geuvânio devem deixar o Santos nas próximas semanas. Propostas de Flamengo e do futebol chinês, respectivamente, fazem com que a dupla aumente a lista de saídas do elenco, que já teve as despedidas do atacante Nilson e do zagueiro Werley logo nos primeiros dias de férias após o término do Campeonato Brasileiro.

Chiquinho chegou a ser titular no começo do ano, mas perdeu espaço com o técnico Dorival Junior e foi para a reserva. Emprestado pelo Coimbra-MG, clube em que o banco BMG registra os seus jogadores, o vínculo do atleta termina neste mês e não deve ser renovado. "Expectativa de voltar a jogar em um time grande novamente. Agradeço ao Santos por ter aberto as portas. Fui campeão paulista. Agradeço à diretoria do Santos que me apoiou. Dei meu máximo sempre", comentou.

No caso de Geuvânio a transferência deve trazer cerca de R$ 45 milhões ao Santos. O clube da Vila Belmiro é dono de 65% dos direitos econômicos do atacante de 23 anos, que interessa ao Tianjin Songjian, da China. O time é dirigido pelo técnico Vanderlei Luxemburgo e está disposto a pagar até R$ 70 milhões para contratar o jogador.

Geuvânio fechou o ano como reserva após Marquinhos Gabriel evoluir nas atuações. "Quero continuar aqui no ano que vem, mas vou sentar com a diretoria e minha família para ver o que é melhor para mim e para o Santos", afirmou o atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.