Chivas bate Vélez e fica perto das quartas de final

O Chivas Guadalajara surpreendeu o Vélez Sarsfield na noite de terça-feira e venceu o jogo de ida das oitavas de final da Libertadores por 3 a 0, em casa. Omar Bravo foi o grande responsável pelo triunfo ao anotar dois gols e sofrer um pênalti para uma equipe que atuou recheada de reservas.

AE, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 08h38

Bravo abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo, completando passe de Omar Arellano após grande jogada. O segundo gol do atacante e do time mexicano saiu aos 32 minutos da etapa final e foi marcado de cabeça, após cruzamento de Edgar Sólis. Aos 45 minutos, Héctor Reynoso converteu pênalti sofrido por Bravo, definindo o triunfo do Chivas Guadalajara por 3 a 0.

A equipe atuou sem cinco jogadores titulares que estão treinando com a seleção mexicana, incluindo o artilheiro Javier Hernández. Além disso, outros dois reservas tiveram que ser escalados por conta de lesões.

O Chivas Guadalajara entrou apenas nesta fase da Libertadores como compensação pela eliminação em 2009 por conta de um surto de gripe suína no seu país. O segundo confronto entre o time mexicano e o Vélez Sarsfield será disputado na próxima terça-feira, em Buenos Aires. A equipe de Guadalajara pode perder por até dois gols de diferença para avançar às quartas de final, quando enfrentará o vencedor do duelo entre Once Caldas e Libertad.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.