Choque em treino mata goleiro romeno

Após ficar seis dias em coma, morreu nesta quarta-feira o goleiro romeno Cristi Neamtu, de 22 anos, reserva da Universidade Craiova, da primeira divisão do país. Ele foi internado depois de chocar seu rosto com o joelho de um companheiro durante um treino em Chipre. Cristi sofreu fratura da mandíbula e hemorragia cerebral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.