Chuva e queda de temperatura preocupam técnico da Arábia

Depois do forte calor dos primeiros dias de Copa do Mundo, uma frente fria ameaça derrubar as temperaturas e trazer chuva para a Alemanha nos próximos dias. Isto é motivo de preocupação para o técnico da Arábia Saudita, o brasileiro Marcos Paquetá.?Gosto de chuva, mas não de atuar em campo molhado. Preciso que o sol volte a brilhar em Hamburgo por que nossa equipe está acostumada a jogar com temperaturas acima dos 40°C. Para nós, a chuva é tão ruim quanto o calor é para a Ucrânia?, disse Paquetá.O próximo adversário da Arábia Saudita é exatamente a Ucrânia, na segunda-feira, em Gelsenkirche. Os ucranianos, mais acostumados com baixas temperaturas, vêm de uma goleada sofrida na estréia para a Espanha, por 4 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.