Chuva suspende jogo Juventus x Ponte

Entre muitos estragos na cidade, a chuva torrencial que caiu neste sábado em São Paulo alagou o gramado do estádio da Rua Javari e adiou o jogo entre Juventus e Ponte Preta, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. A partida foi interrompida pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira aos 2 minutos do segundo tempo, quando a equipe de Campinas vencia por 1 a 0, gol marcado por André Cunha aos 44 da etapa inicial.De acordo com o Código Brasileiro Desportivo do Futebol (CBDF), um novo jogo deve ser marcado, pois ainda não haviam sido disputados 60 minutos. "A decisão será tomada na segunda-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva", afirmou Marco Polo del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF). "Não acho justo para o time que marcou um gol perder o que conseguiu em campo, mas é o Tribunal quem vai decidir."Enquanto a bola rolou no primeiro tempo, o Juventus foi bem melhor, chegou a acertar a trave da Ponte Preta, criou várias chances para abrir o placar, mas foi surpreendido aos 43 minutos: o goleiro Willians falhou e não segurou chute de André Cunha, da entrada da área.No intervalo, a drenagem não resistiu e o gramado tornou-se uma verdadeira piscina. Mesmo assim, o árbitro autorizou o reinício do jogo, mas como o temporal não diminuiu, o interrompeu dois minutos depois. A alegação oficial foi a de que a integridade física de atletas e torcedores estava em risco. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira esperou por aproximadamente 15 minutos e por considerar que não havia condições, determinou a suspensão do jogo. Ainda não está definida uma nova data. O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero, disse que ainda não sabe se a partida deve ser jogada apenas os minutos que ainda restavam, ou se será disputada integralmente. ?Isso é o tribunal (da FPF) quem vai decidir?, disse o dirigente.

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2004 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.