Cicinho avisa que vai lutar para ser titular do Brasil

Com a eliminação do Brasil do Mundial da Alemanha, ainda nas quartas-de-final, o lateral Cicinho já começa a fazer planos para o futuro. "Agora eu vou lutar para ser titular. Nesta Copa, o Cafu era o titular da seleção e merecia jogar. E eu acho que ele foi muito bem", afirmou, referindo-se ao capitão da equipe que, aos 36 anos, deverá deixar a seleção. "Nessa Copa eu esperava fazer uma boa partida, e consegui", ressaltou o jogador do Real Madrid, referindo-se ao confronto contra o Japão, em que ele foi titular, deu o passe para o primeiro gol de Ronaldo e a equipe acabou goleando por 4 a 1. Cicinho deverá embarcar de Frankfurt, junto com a maior parte da delegação, no vôo marcado para as 22h30 (horário local), com destino a São Paulo. Segundo a CBF, junto com ele estarão os jogadores Ricardinho, Robinho, Luisão, Mineiro, Cris e Fred, além do preparador físico Moraci Sant´Anna e do fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan. A chegada ao Aeroporto Internacional de Guarulhos está prevista para as 5h30 desta segunda-feira.

Agencia Estado,

02 Julho 2006 | 07h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.