Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Cicinho diz que pretende encerrar carreira no São Paulo

Apesar do vínculo com o Roma, lateral-direito está empolgado com sua volta ao futebol brasileiro

AE, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 09h46

Motivado pela boa recepção no São Paulo, o lateral Cicinho revelou que pretende encerrar sua carreira no clube paulista. O jogador, porém, ainda tem um vínculo de dois anos e meio com a Roma, e só ficará no Brasil até o final de junho.

"Vou cumprir este meu contrato no São Paulo. Porém, minha vontade é permanecer até o fim da carreira. Se eu sair, vou chorar. Volto para reassumir aquele posto que tinha aqui e que todos me queriam na seleção", contou o lateral, que não vem sendo convocado para a equipe de Dunga.

Feliz por voltar ao Brasil, Cicinho também disse que teve dificuldades para se adaptar à Europa. Ele passou quatro anos no continente, entre clubes na Espanha e na Itália.

"Não me arrependo de ir [para a Europa]. Mas lá não tem ninguém para te consolar. Tive uma lesão grave e não tinha ninguém pra me apoiar. Tem os companheiros de clube, mas cada um tem o seu problema. Hoje eu vi que minha felicidade é no Brasil", declarou.

Agora, o lateral quer mostrar essa empolgação dentro de campo na disputa da Copa Libertadores. "O otimismo é muito grande. O São Paulo sempre faz contratações ótimas e foi isso que aconteceu este ano. Chegaram jogadores de alto nível. Não tem nada jogando contra a Libertadores", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCicinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.