Cicinho recebe sondagens, mas deve ficar no Palmeiras

O lateral-direito Cicinho foi sondado por representantes do Sevilla, da Espanha, mas a diretoria do Palmeiras garante não ter interesse em negociar o jogador neste momento. Atual reserva de Arthur, o jogador também chamou a atenção de clubes ucranianos, mas a negociação não evoluiu.

DANIEL BATISTA, Agência Estado

24 de julho de 2012 | 21h31

"Recebemos algumas sondagens por alguns jogadores, entre eles o Cicinho, mas não tenho uma proposta oficial por ele. Independente disso, é um jogador que não temos interesse em negociar", disse o gerente de futebol, César Sampaio.

O fato é que o Palmeiras não quer negociar Cicinho por receio de sentir sua falta ao longo da temporada e durante a Libertadores. Atualmente, o elenco conta apenas com ele e Arthur para a lateral direita, e na base nenhum jogador da posição chamou a atenção do técnico Luiz Felipe Scolari.

Arthur tem atuado mais, mas dependendo do jogo e dos desfalques em outras posições, Felipão tem optado por um ou pelo outro. Contra o Náutico, por exemplo, Cicinho foi o titular, mas suspenso, não pega o Bahia. E Arthur tem contrato de empréstimo apenas até o final do ano. Caso o Palmeiras não consiga segurá-lo, ficaria apenas com um lateral no elenco.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCicinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.