Cicinho renova com São Paulo até 2008

O lateral-direito Cicinho ampliou seu contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2008, com multa rescisória de R$ 12 milhões. O compromisso anterior duraria até o fim de 2006 e a multa era de R$ 6 milhões. "Sempre deixei claro que queria ficar no São Paulo. Estarei na seleção mais tranqüilo, sabendo que voltarei para cá, depois da Copa das Confederações", disse Cicinho, que esteve no CT da Barra Funda nesta sexta-feira à tarde para acompanhar os detalhes finais do acordo antes de viajar para a Alemanha, onde se juntará à seleção brasileira.A negociação entre os empresários do jogador e a diretoria se arrastava desde o fim do ano passado. No novo compromisso, o clube ampliou de 50% para 60% o seu porcentual sobre a multa pelo contrato do lateral, um dos destaques do time na Copa Libertadores da América.A diretoria do São Paulo está próxima de acertar a contratação de um atacante. Reinaldo, ex-Paris St-Germain e Flamengo, é um dos mais cotados, porque já teve boa passagem pelo clube e possui características parecidas com as de Grafite - que se recupera de cirurgia no joelho direito e só volta a jogar em 2006. "Estou muito esperançoso de que até a próxima semana podemos ter novidades", disse o técnico Paulo Autuori.O elenco viaja neste sábado pela manhã para Belém (PA) e treina à tarde na capital paraense para o jogo contra o Paysandu, neste domingo, às 18h10, no Mangueirão. O lateral-direito Michel estréia na equipe. Lugano formará a dupla de defesa com Alex. O desfalque é Fabão, suspenso. Souza esta mantido no meio-campo, ao lado de Danilo. De Belém, a delegação viaja para Monterrey, no México, para o duelo contra o Tigres, na quarta-feira, pelas quartas-de-final da Libertadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.