Cicinho se apresenta e usará a 11 no Real

O lateral-direito Cicinho foi apresentado oficialmente como novo jogador do Real Madrid, nesta quinta-feira, no estádio Santiago Bernabéu, e declarou que sente realizado por estar no clube da capital espanhola. Por chegar no meio da temporada, o ex-jogador do São Paulo terá que usar o número 11 na camisa, que era do inglês Michael Owen, transferido para o Newcastle com as contratações de Robinho e Júlio Baptista. ?É um prazer estar aqui vestindo esta camisa. Estou muito feliz. Desde o primeiro momento que se falou do Real Madrid, minha felicidade é grande. Sou agora um jogador realizado?, disse Cicinho, durante a primeira entrevista coletiva no seu novo clube, que o contratou até junho de 2010. ?Pretendo fazer tudo o que sei e meu objetivo é agradar o treinador (Juan Ramón López Caro) e os torcedores?. Quem entregou a camisa para Cicinho foi o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, que substituiu o presidente de honra do clube, Alfredo Di Stéfano, operado nesta quarta após ter sofrido um infarto no último final de semana. ?Já estávamos acompanhando esse jogador há muito tempo. É um dos que tem mais projeção em seu país e no mundo. Ele tinha muitas opções, mas escolheu o nosso clube?, disse o dirigente.

Agencia Estado,

29 de dezembro de 2005 | 10h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.