Cicinho tem passaporte furtado na chegada ao Brasil

O lateral-direito Cicinho teve seu passaporte furtado na noite de quarta-feira, no Aeroporto de Cumbica, quando chegava ao Brasil para alguns dias de descanso antes de se apresentar à seleção brasileira para a Copa do Mundo. Cicinho carregava uma mala de notebook que continha os passaportes brasileiro e italiano, objetos pessoais e cerca de 200 euros em dinheiro. A mala foi furtada e, momentos depois, localizada pelo agente do jogador, Fernando Benedini, com um segurança do aeroporto. Mas o passaporte brasileiro e o dinheiro já haviam sumido. A viagem da seleção brasileira para a Europa será no domingo, e Cicinho terá de tirar um novo passaporte na Polícia Federal de Ribeirão Preto. "Como brasileiro, espero que eles dêem uma forcinha e resolvam tudo rapidamente", disse o jogador.

Agencia Estado,

18 Maio 2006 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.