Cicinho volta a ser relacionado no Real Madrid após 6 meses

Seis meses após passar por uma operação no joelho direito, o lateral-direito Cicinho foi relacionado neste sábado para o jogo do Real Madrid com o Celta, fora de casa, no domingo, no Estádio Balaidos, em Vigo. O jogador brasileiro deverá iniciar a partida válida pela 28.ª rodada do Campeonato Espanhol no banco de reservas.Ex-jogador do São Paulo, Cicinho rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho no confronto com o Betis, no dia 23 de setembro, e teve que ser operado. Boa parte da fase de recuperação do atleta ocorreu no Reffis (Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica) da equipe do Morumbi. Logo após ser operado, os médicos do clube espanhol já haviam informado que o ala deveria regressar ao gramados apenas em março deste ano."Temos que esperar, ir pouco a pouco. Mas era importante a sua volta ao time, de participar das convocações e entrar no espírito de grupo", disse o treinador do Real, o italiano Fabio Capello, que também relacionou para o jogo em Vigo os brasileiros Emerson, Robinho e Marcelo - o lateral-esquerdo Roberto Carlos ficou de fora por causa de problemas musculares.Na última quinta-feira, Cicinho declarou que esperava voltar a ser relacionado, mas admitiu que está com receio de voltar. "Falei com Capello quase todos os dias, porque ainda tenho um pouco de medo, mas sabemos que a lesão será curada com o tempo. Ele me disse que voltarei a jogar como antes, e que tenho condições de ajudar o Real", afirmou o brasileiro na ocasião. Antes de se machucar, o brasileiro estava sendo cogitado para entrar numa troca de jogadores com a Roma. O time da capital italiana pretendia ceder Mancini pelo ex-são-paulino.11 finaisOcupando a terceira colocação no Espanhol com 48 pontos, cinco a menos que o líder Barcelona - o time catalão recebe o La Coruña, neste sábado, no Camp Nou -, o treinador do Real disse que os jogadores precisam encarar os últimos 11 jogos do Nacional como "finais"."Desde agora, todas as partidas serão uma final para nós e também para as equipes que também estão na nossa frente [o Sevilla ocupa a segunda colocação]. Se quisermos ganhar a Liga [Espanhol], temos que vencer as nossas partidas. Por isso que estaremos em Vigo com o espírito de uma final", comentou Capello.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.