Cienciano vai armar uma retranca contra o São Paulo

Apesar de os jogadores do Cienciano garantirem que enfrentarão o São Paulo de igual para igual, nesta quarta-feira à noite, no Morumbi, o técnico Wilmar Valencia sabe que um empate será considerado um excelente resultado. Por essa razão, o time peruano virá retrancado contra o atual campeão da Copa Libertadores."Sabemos que o São Paulo é uma equipe muito dura e difícil, mas temos que fazer um esforço para conseguir um bom resultado", disse o treinador. O goleiro Ibáñez, um dos mais experientes, procura animar os demais jogadores do Cienciano. Na estréia na Libertadores, os peruanos foram derrotados pelo Chivas, em Cuzco, por 3 a 1. "Estamos concentrados para enfrentar o atual campeão da Libertadores e Mundial. Claro que será difícil, mas não nos sentimos menos que o São Paulo", garante o goleiro. "Temos de lembrar quando fomos campeões da Copa Sul-Americana (2003), ninguém apostava na gente, ninguém nos dava importância. Mostramos que tínhamos condições."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.