Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Cinco desafios que Rogério Ceni terá para embalar o São Paulo

Técnico pretende melhorar a comunicação entre os jogadores

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

07 Fevereiro 2017 | 07h04

A derrota do São Paulo para o Audax gerou críticas de torcedores, que gostariam de ver o time se reforçar mais. Para o técnico Rogério Ceni, o resultado evidenciou que existem muitos desafios pela frente que ele terá de lidar para fazer o tricolor embalar na temporada.

Para o treinador, é importante tirar lições da derrota na estreia no Campeonato Paulista. "Temos que ter um sistema tático definido e temos que tentar cumprir ele até o final. Temos que estudar o adversário e tentar instruir e dar as possibilidades para os jogadores. Nada fugiu do que nós passamos. Não conseguimos superar a equipe deles", comentou.

1 - COMUNICAÇÃO DA EQUIPE

Rogério Ceni já falou diversas vezes que gostaria de ver seus jogadores conversando mais em campo. Contra o Audax, por duas vezes Douglas e Buffarini se choraram em campo. Para o treinador, isso é falta de comunicação e o time precisa melhorar isso.

2 - PODER DE FOGO

Mais uma vez o São Paulo criou boas chances de gol, mas desperdiçou. Na semana anterior ao jogo contra o Audax, Ceni enfatizou os treinamentos de finalização, mas no jogo alguns jogadores deixaram a desejar, como Luiz Araújo e Cueva.

3 - FORÇA DEFENSIVA

A zaga do São Paulo não tinha sofrido gol contra River Plate e Corinthians, mas patinou diante do Audax e tomou quatro gols. Para Ceni, o problema defensivo foi de toda a equipe e não só dos zagueiros. Ele quer um time mais compacto atrás.

4 - PAPEL DE RODRIGO CAIO

O jogador reconheceu que em alguns momentos ficou um pouco perdido jogando à frente da zaga. Ele tem talento para exercer a função, tanto que deu um lindo passe para gol, e tem tudo para crescer junto com a equipe na temporada.

5 - AMBIENTE POLÍTICO

As eleições no São Paulo prometem ser muito disputadas e o treinador terá de blindar o grupo para evitar que os jogadores sintam o clima eleitoral do Morumbi. Ceni tem experiência para lidar com a situação e isso o ajudará neste momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.