Cinco meses após ser contratado, Lo Celso chega ao PSG

Meia-atacante argentino poderá ser registrado a partir de 1° de janeiro

Estadão Conteúdo

28 de dezembro de 2016 | 13h53

Entre o anúncio da contratação e a apresentação oficial passaram-se longos cinco meses. Nesta quarta-feira, porém, o Paris Saint-Germain finalmente passou a contar com o meia-atacante argentino Giovani Lo Celso, que foi comprado do Rosario Central e continuou na equipe de Rosário até o fim do ano. A partir de 1.º de janeiro abre a janela internacional de transferências e ele poderá ser registrado.

O jovem, de 20 anos, chamou a atenção de outros clubes do futebol europeu, mas acabou fechando a sua transferência para o time francês, depois de marcar dois pelo Rosario Central na última edição do Campeonato Argentino. Em julho, assinou contrato de cinco anos pelo PSG.

Apesar de gastar cerca de 10 milhões de euros na transferência, o PSG optou por manter Lo Celso no Rosario. Na Argentina, fez mais nove partidas pelo campeonato local, marcando um único gol, exatamente na sua partida de despedida, há 10 dias.

Aos 20 anos, Lo Celso chega ao PSG com uma Copa Libertadores e uma Olimpíada no currículo, para se juntar aos compatriotas Angel Di María e Javier Pastore, que são jogadores importantes do elenco do PSG.

O técnico Unai Emery já deixou claro, porém, que a pouca idade não é um problema para ele. O treinador tem utilizado com regularidade o atacante Jean-Kévin Augustin, de 19 anos, os meias Adrien Rabiot, de 21, e Christopher Nkunku, de 19, e o lateral Presnel Kimpembe, também de 21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.