Cinquenta torcedores de Sport e Palmeiras são detidos após jogo

Confusão ocorreu antes e depois de partida pelas equipes, válida pelo campeonato brasileiro

O Estado de S. Paulo

24 de julho de 2017 | 00h39

Cerca de 50 torcedores de Sport e Palmeiras foram detidos nesse domingo, após confronto pelas equipes na Arena de Pernambuco válido pelo campeonato brasileiro. A partida, que acabou com vitória para o Palmeiras pelo placar de 2 a 0, foi marcada por episódios de violência entre as torcidas antes e depois do jogo.


Antes de a bola rolar, membros das torcidas dos dois times já protagonizavam cenas de violência fora da Arena, que fica na região metropolitana do Recife: torcedores do Palmeiras tentaram agredir os seus pares do Sport com as grades de metal que separavam os grupos. Chamada para intervir, a polícia militar acabou com o confronto e prendeu um palmeirense, morador de Pernambuco, acusado de jogar pedras contra a torcida do Sport. Como não houve testemunhas, o torcedor foi liberado.


Segundo nota, a Arena de Pernambuco afirmou que no episódio de violência posterior ao jogo, outras 50 pessoas foram presas, entre elas membros da Torcida Jovem do Sport e da Mancha Verde, uma das principais do Palmeiras. Os grupos foram detidos pelo Batalhão de Choque da PM pernambucana e, mesmo com a existência da delegacia do torcedor no estádio, foram levados diretamente para a delegacia de Camaragibe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.