Cirino responde provocação de Bill: `Quero ver se vai fazer mesmo'

Após a vitória por 2 a 1 sobre o Brasil de Pelotas pela Copa do Brasil, o Flamengo desembarcou no fim da tarde desta quinta-feira no Rio já pensando no clássico de domingo, com o Botafogo, no Maracanã. Ainda no aeroporto, os jogadores falaram rapidamente com a imprensa, e o atacante Marcelo Cirino respondeu ao também atacante Bill, do rival, que no início da semana prometeu gol no clássico e previu que Cirino passará em branco.

Estadão Conteúdo

26 de fevereiro de 2015 | 19h45

"Não ouvi (a declaração), não procuro saber o que os adversários andam falando. Se ele falou, deixa com as palavras dele. Eu vou procurar fazer o meu melhor para ajudar minha equipe", desconversou o atacante rubro-negro.

"Não vejo como provocação, ele (Bill) fala o que quiser. Estou aqui para ajudar minha equipe. Se ele falou que vai fazer, deixa falar. Agora fazer, aí é que eu quero ver se ele vai fazer mesmo", emendou Cirino.

O atacante do Flamengo disse ainda que um eventual gol na partida seria especial, mas que o mais importante é vencer o jogo e retomar a liderança. "Isso fica marcado na carreira do atleta por ser um clássico, mas estou tranquilo. O importante é a equipe vencer. Se sair vitorioso, já fico feliz."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.