Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Cirurgia afasta Thiago Heleno do Palmeiras por quatro meses

Zagueiro sofreu com dores no pé nas últimas rodadas

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2011 | 13h22

SÃO PAULO - O Palmeiras confirmou nesta sexta-feira que o zagueiro Thiago Heleno irá passar por uma cirurgia na semana que vem, para acabar com as dores que ele vem sentindo nos pés há cerca de dois anos - desde os tempos em que ainda defendia o Cruzeiro. Assim, ficará quatro meses sem jogar, virando desfalque para o técnico Luiz Felipe Scolari no começo da próxima temporada.

Thiago Heleno convive com uma metatarsalgia (dor na parte frontal dos ossos metatarsos dos pés) e jogou parte do Campeonato Brasileiro no sacrifício. "Ele já havia tentado outros métodos convencionais, inclusive com a utilização de palmilhas especiais, mas não surtiram efeito. Foi tomada a decisão correta e, após a recuperação, com certeza ele voltará aos gramados livre de qualquer problema", disse o médico do Palmeiras, Rubens Sampaio.

Com a cirurgia, o zagueiro perderá praticamente todo o Campeonato Paulista, que vai de janeiro a maio. "Após a operação, ele vai ter que ficar quatro semanas sem colocar os pés no chão. Depois disso, vai iniciar a pré-temporada junto com o grupo realizando fisioterapia. Ele só poderá fazer qualquer tipo de atividade no gramado após o quarto mês de recuperação", explicou o médico.

"Os problemas se acentuaram do segundo semestre para cá. Junto com os médicos do Palmeiras, tentamos a utilização de palmilhas especiais, mas não surtiram muito efeito. Só não fiz a operação antes pois a equipe atravessava um momento muito difícil e eu decidi continuar jogando para ajudar meus companheiros", contou Thiago Heleno, que tem contrato com o clube até o final de 2012 e tem sido um dos titulares do técnico Felipão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasThiago Heleno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.