Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Citadini garante que não foi afastado

O vice-presidente de futebol do Corinthians, Antonio Roque Citadini, garantiu nesta terça-feira que não foi afastado do cargo, como afirmou o presidente da Gaviões da Fiel, Ronaldo Pinto, ontem à noite, minutos depois de uma reunião com o presidente do clube, Alberto Dualib. ?Eu continuo no cargo. Não existe essa história?, afirmou o dirigente em entrevista à Rádio Joven Pan, no início da tarde. Citadini, admitiu, no entanto, que vai delegar algumas funções a Paulo Angioni, o gerente de futebol recentemente contratado. Segundo ele, a contratação de Angioni foi feita justamente para isso.O dirigente garantiu também que a demissão de Oswaldo nada teve a ver com a pressão dos torcedores. ?A decisão estava tomada de manhã, muito antes da reunião deles (Gaviões) com o Dualib?, disse. Citadini afirmou desconhecer ?completamente? a informação que Angioni teria reuniões mensais com representantes da Gaviões - como Ronaldo Pinto chegou a dizer na véspera. ?O fato é que tem muita gente (repórteres) que dá espaços para qualquer um que pretenda prejudicar o clima no Corinthians; seja ele um torcedor ou um transeunte?, disse Citadini. MÁRIO SERGIO - O vice-presidente não confirmou a contratação de Mário Sérgio, mas o que se comenta o Parque São Jorge é que até as 14 horas, ele deve ser anunciado como o novo treinador da equipe, em substituição a Oswaldo de Oliveira, demitido no final da tarde de ontem um dia depois da derrota do Corinthins por 5 a 0 para o Atlético-PR, em pleno Pacaembu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.