City oficializa Negredo e dá camisa 9 ao atacante

O Manchester City oficializou nesta sexta-feira a contratação do atacante Álvaro Negredo, que já havia se despedido do Sevilla na última quarta. E, logo em sua chegada, o jogador ganhou a camisa 9 da equipe inglesa, que nos últimos tempos teve as saídas de nomes de peso do ataque como Mario Balotelli e Carlitos Tevez.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2013 | 09h44

Os números da transação que levou Negredo a Manchester não foram confirmados por City e Sevilla, mas a imprensa europeia noticiou nos últimos dias que o atleta custará em torno de 28 milhões de euros (cerca de R$ 81,9 milhões) ao cofres ao clube inglês, que anteriormente também contratou o atacante Jesús Navas junto ao mesmo time espanhol.

O City confirmou que Negredo irá se juntar ao elenco do time que está realizando pré-temporada, na qual o time foi derrotado por 2 a 1 pelo modesto AmaZulu, na última quinta-feira, em Durban, na África do Sul, em amistoso que fez parte das comemorações pelo 95.º aniversário de Nelson Mandela.

Ao oficializar a contratação, o clube de Manchester destacou que Negredo foi o quarto maior artilheiro da Espanha na última temporada europeia, com 25 gols marcados, ficando atrás apenas de Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Radamel Falcao Garcia.

Revelado pelo Real Madrid, Negredo nunca chegou a atuar pelo time principal da equipe espanhola, mas conseguiu trilhar trajetórias de sucesso por Almería, para onde se transferiu em 2007, e Sevilla, que ele vinha defendendo desde 2009.

Apesar de Negredo e Navas terem sido contratados, o City ainda não parou de trazer reforços para o ataque. O clube deve oficializar em breve a contratação do atacante montenegrino Stevan Jovetic, depois de a Fiorentina ter revelado na última quinta-feira que aceitou uma proposta do clube inglês para liberar o jogador de 23 anos.

DE VOLTA AO CHILE - O técnico Manuel Pelegrini, que nos últimos dias enfatizou a importância de o City se reforçar com mais atacantes, acabou deixando a África do Sul de forma inesperada durante a pré-temporada da equipe. O treinador precisou voltar ao Chile para resolver problemas pessoais em seu país. Em função da viagem, ele não comandou o time diante do AmaZulu na última quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolManchester CityÁlvaro Negredo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.