John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

City perde do Crystal Palace e despenca para o 4º lugar no Inglês

Derrota por 2 a 1 fora deixa clube nove pontos atrás do Chelsea

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2015 | 18h21

Chelsea, Arsenal e Manchester United nem entraram em campo nesta segunda-feira, mas têm muito o que comemorar. No encerramento da 31.ª rodada do Campeonato Inglês, o Manchester City foi até Londres e mostrou que está mesmo em uma má fase. Perdeu para o Crystal Palace por 2 a 1, em um resultado que fez com que o time caísse da segunda para a quarta colocação e ficasse muito mais longe da liderança.

Com 61 pontos, o Manchester City permitiu nesta rodada que Arsenal (63) e Manchester United (62), que venceram no fim de semana, o ultrapassassem na tabela de classificação. Na ponta, o Chelsea também ganhou e se beneficiou com o tropeço do time comandando pelo técnico chileno Manuel Pellegrini. Tem 70 pontos e ainda uma partida a menos - contra o lanterna Leicester City, no final deste mês - que os rivais.

O Crystal Palace, embalado desde a contratação do técnico Alan Pardew, já conseguiu o que queria nesta temporada que era se livrar de qualquer risco de rebaixamento - na temporada passada, só se livrou na última rodada. Com os três pontos em casa, chegou a 39 e reassumiu a 11.ª colocação.

Em campo, quem pareceu que estava lutando pelas primeiras posições do campeonato era o Crystal Palace. Com bom toque de bola e aproveitando a apatia dos jogadores do Manchester City, o time londrino criou algumas chances e conseguiu o seu gol aos 34 minutos. Em um cruzamento que o bandeirinha não marcou impedimento, Glenn Murray aproveitou rebote na pequena área e marcou.

Na segunda etapa, o Manchester City nem teve tempo de tentar alguma coisa. Logo aos 3 minutos, Jason Puncheon acertou uma bela cobrança de falta no canto esquerdo baixo do goleiro Joe Hart, que pulou atrasado, e fez 2 a 0. O time visitante, então, foi todo ao ataque, mas o máximo que conseguiu foi diminuir com Yaya Touré, aos 33.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.