Ciúmes atrapalhou CPI do Futebol

Sem entrar no mérito das acusações, o certo é que no transcorrer da CPI CBF/Nike ocorreram falhas que prejudicaram ainda mais o relacionamento entre seus integrantes. Uma delas, foi a idéia do presidente e do relator de embarcarem para a Europa, acompanhados dos deputados Eduardo Campos (PSB-PE), Pedro Celso (PT-DF) e Jurandil Juarez para "investigar" o que já havia sido divulgado pela imprensa.De acordo com um dos integrantes da comissão, "quem não foi, perdeu o entusiasmo". Ou seja, ficou enciumado o suficiente para azedar ainda mais o clima dos trabalhos. Outra viagem à Montevidéu, desta feita embarcando os deputados Nelo Rodolfo (PMDB-SP), Ronaldo Vasconcellos (PFL-MG) e José Janene (PPB-PR). Ao final, ficou claro que chamadas telefônicas ou troca de e-mails substituiriam a contento os gastos com o deslocamento dos parlamentares para apurar a "triangulação" de jogadores feitas com times daquele país pelo empresário Juan Figer.

Agencia Estado,

11 de junho de 2001 | 19h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.