Claiton lamenta fim da negociação com Atlético-PR

O volante Claiton não conseguiu ser liberado pelo Consadole Sapporo para acertar seu retorno ao Atlético Paranaense, clube que defendeu em 2007 e nos primeiros meses de 2008. O meio-campista reclamou do comportamento do clube japonês, que teria mudado sua postura durante a negociação. "Eles tinham pedido um valor, o Atlético ofereceu outro e já estava certo. Mas, na última semana, eles voltaram atrás e pediram o dobro do valor inicial, já para não ter acerto nenhum, totalmente fora dos padrões. Eles fizeram isso para amarrar o negócio, para não me liberar", criticou. Claiton disse ter esperanças de voltar ao Atlético-PR para a disputa do Campeonato Brasileiro. "A minha primeira opção é o Atlético, não tem outro clube. Eu falei com o presidente (Marcos Malucelli) e estou com esperança de voltar a vestir a camisa do Atlético ainda este ano", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.