Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Clássico com o Santos vira 'batismo' para Lucas Lima no Palmeiras

Meia se prepara para encontrar ex-clube, antigos companheiros e quer provar de vez a identificação com a nova equipe

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

03 de fevereiro de 2018 | 07h00

O meia Lucas Lima terá neste domingo a prova decisiva de sua transformação de santista em palmeirense. O jogador enfrentará pela primeira vez o ex-clube, no clássico no Allianz Parque, e quem convive com ele no dia a dia do clube garante que o passado alvinegro ficou para trás e o camisa 20 já é totalmente alviverde.

+ Palmeiras não deve ter mudanças para clássico

+ Técnico do Santos rejeita marcação especial em Lucas Lima

A mudança do meia de um rival que provocava o Palmeiras em um titular querido pela torcida começou dentro de casa. O pai de Lucas, Roberto Lima, é palmeirense e participou das negociações, ao se reunir com a diretoria do Palmeiras em novembro do ano passado para conversar sobre a proposta feita pelo clube ao filho.

Roberto, acompanhado do pai de Neymar, que é um dos empresários do meia, esteve na Academia de Futebol para conversar com a diretoria do Palmeiras. Ao fim do encontro, o pai de Lucas Lima deixou o local com um presente em mãos: a camisa do Palmeiras.

A influência paterna contribuiu para Lucas Lima aceitar a proposta e mudar de clube. O meia ressaltou a adoração do pai pelo time alviverde no mês passado, durante a apresentação. O jogador mencionou a paixão de Roberto pela equipe, enquanto o pai sorria orgulhoso.

"Hoje, vejo que fiz a escolha certa em todos os sentidos. Estou muito feliz. Vivi momentos maravilhosos com a camisa do Santos e hoje estou vivendo com a camisa do Palmeiras", disse Lucas Lima em evento nesta semana em um shopping. O jogador deu entrevista cercado de torcedores, uma prova do quanto se tornou querido em pouco tempo.

O bom ambiente entre Lucas Lima, companheiros de time e torcida foi construído pouco a pouco. O clube e o jogador realizaram um trabalho nas redes sociais para se aproximar dos palmeirenses e amenizar o clima de rivalidade e provocações vivido nos últimos anos.

Com declarações de amor ao clube e fotos nas redes sociais, o reforço preparou um entorno positivo antes da chegada ao Palmeiras. Lucas Lima se apresentou motivado e disposto a se redimir do semestre ruim vivido no fim de 2017. O meia foi titular em todas as partidas até agora e logo na estreia fez um gol e deu uma assistência.  

Preocupado com o ambiente do elenco, o técnico Roger Machado conversou bastante com o jogador para evitar possíveis desgastes e logo ficou tranquilo, ao ver que a adaptação não foi problema. "O Lucas está muito à vontade no clube e tem sido peça importante no ano. Ele joga em uma nova função no Palmeiras, mas tem compreendido muito bem", elogiou.

O elenco garante ter recebido o novato de forma tranquila e o vê completamente inserido no novo clube. "O Lucas está defendendo o Palmeiras. Ele foi bem recebido pelo grupo e está jogando bem, A cabeça dele está voltada para o Palmeiras agora. Ele quer jogar bem esse clássico", disse o atacante Willian.

A torcida acompanhou esse acolhimento. Nesta semana, por exemplo, muitos palmeirenses foram ao evento em um shopping para tentar tirar fotos com Lucas Lima. 

Para o clássico deste domingo com o Santos, a expectativa dos palmeirenses é que o meia jogue bem e, quem sabe, volte a usar as redes sociais para comemorar o possível resultado positivo. Desta vez, no entanto, pelo lado alviverde. "Não quero criar ódio em A ou B. Isso é o chato do futebol atual. Mas se tiver que tuitar alguma coisa, eu vou tuitar", disse Lucas Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.