Clássico de domingo terá torcida única na arena do Palmeiras

Federação acata recomendação do MP e estádio só receberá torcedores palmeirenses no jogo com o Corinthians

Almir Leite, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2015 | 17h27

O clássico do próximo domingo entre Palmeiras e Corinthians, pela terceira rodada do Campeonato Paulista, terá torcida única. O anúncio oficial foi feito no início da noite desta quinta-feira pela Federação Paulista de Futebol, que mesmo a contragosto acatou a recomendação do Ministério Público. Assim, apenas palmeirenses entrarão no Allianz Parque. E da próxima vez que as duas equipes se enfrentarem no Itaquerão, apenas corintianos terão acesso ao estádio.

O MP alega que a medida é excepcional, em função do clima de beligerância entre as duas torcidas - os corintianos, inclusive, juraram vingar um torcedor morto recentemente - e que o objetivo é combater a violência e preservar a segurança. Também há a intenção de preservar o patrimônio dos clubes, no caso específico, o do Palmeiras.

Mas a decisão final só foi tomada depois de um dia em que ocorreram várias reuniões na sede da entidade. Desde o início da manhã, a FPF se mostrava propensa a aceitar o jogo com torcida única a partir do parecer do Ministério Público - principalmente depois que o órgão ameaçou entrar com ação judicial por desobediência contra a entidade e os dois clubes, caso a recomendação não fosse cumprida. No entanto, o Corinthians relutou.

 Os dirigentes alvinegros consideram que seus torcedores estavam sendo punidos e exigiram, para dar o "sim'' ao acordo, que ficasse determinado que o próximo dérbi a ser realizado no Itaquerão também tenha torcida única. Palmeiras, federação e MP concordaram e o compromisso foi fechado.

"Chegou-se a um acordo. Mas a Federação vai ser sempre favorável à presença das duas torcidas e também a que se busque uma mudança de perfil do torcedor'', disse ao Estado o coronel Marcos Marinho, diretor de prevenção e segurança da FPF. 

 No meio da tarde, o promotor do Juizado Especial Criminal, Paulo Castilho, já dizia ter confiança de que a recomendação seria atendida. "É uma situação excepcional, não estamos ficando a bandeira da torcida única e sim que a torcida visitante não seja apenas composta de torcedores organizados. Queremos, num segundo momento, melhorar a qualidade do torcedor.''

No início da semana, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, havia solicitado à federação que apenas palmeirenses tivessem acesso à arena. O pedido, na ocasião, foi negado. 

NOTA

FPF acata pedido doMinistério Público e clássico de domingo

terá torcida única

Palmeirase Corinthians se enfrentam pela terceira rodada do Paulistão Itaipava 2015 -Série A1

A Federação Paulista de Futebol informa que, após ouvir os clubes e emboraentenda que tal medida refoge ao conceito ideal que a entidade tem sobre ofutebol,  acatou  a recomendação do Ministério Público do Estado deSão Paulo, endossada pela Polícia Militar, no sentido de que a partida dedomingo entre Palmeiras e Corinthians, no Allianz Parque, pelo PaulistãoItaipava 2015 – Série A1, seja realizada somente com venda de ingressos para a torcida palmeirense.

 AFederação Paulista de Futebol também acatou a recomendação do MinistérioPúblico de que os jogos entre as duas equipes que forem realizados na ArenaCorinthians tenham venda de ingressos somente para os torcedores corintianos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.