Clássico deve bater recorde na Itália

O Olímpico será enfeitado neste domingo por milhares de bandeiras azuis e brancas, da Lazio, e vermelhas e amarelas, da Roma. Mas o estádio será rodeado por centenas de uniformes cinzas e pretos dos carabinieri, responsáveis pela segurança do público. A polícia montou esquema especial de vigilância, que entrou em funcionamento já no sábado, para impedir que as facções radicais dos dois lados transformem a praça esportiva em campo de batalha.O dérbi romano equivale a Corinthians x Palmeiras, Guarani x Ponte, Grêmio x Inter. Trata-se do jogo mais aguardado da capital da Itália e ganhou importância porque, nas últimas temporadas, as equipes locais conseguiram também conquistar o título. A Lazio foi campeã de 1999-2000, enquanto a Roma faturou o scudetto em 2000-01.No torneio atual, os velhos inimigos não largaram bem, mas reagiram e agora buscam afirmação. A Lazio tem 10 pontos, com 3 vitórias, um empate e uma derrota. A Roma está com 9, como conseqüência das duas derrotas iniciais e das três vitórias que vieram em seguida. Por isso, o choque de número 120 na história da Série A do calcio concentrou a atenção durante a semana.O clássico marcará o recorde de arrecadação no Campeonato Italiano. A previsão é de que a partida renda US$ 2 milhões, só em venda de ingressos e carnês.Durante a semana, as filas no estádio foram grandes. Na quinta-feira pela manhã, praticamente não havia mais nenhuma entrada. O recorde atual, de US$ 1,86 milhão, foi conseguido em 23 de maio de 1999, na partida entre Lazio e Parma, fundamental para definir o campeão daquele ano.Na Roma, o técnico Fabio Capello poderá contar com o centroavante argentino Gabriel Batistuta, recuperado de leve lesão na perna direita. Mas Totti, recuperado de contusão, volta ao time titular, que deve ter os brasileiros Cafu, Emerson e Lima.Na Lazio, a dúvida do técnico Roberto Mancini é no meio-de-campo, porque o volante Diego Simeone, que sofreu cirurgia no joelho esquerdo, teve uma recuperação muito rápida e há até mesmo a possibilidade de que ele jogue. Na lateral-esquerda, o brasileiro César, ex-São Caetano, está confirmado. O ataque será formado por Cláudio López e Chiesa.A rodada deste domingo ainda terá Internazionale (13) x Bologna (11), Brescia (4) x Como (3), Parma (6) x Atalanta (1), Perugia (4) x Modena (9), Reggina (2) x Torino (3) e Piacenza (7) x Empoli (7).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.