Clássico rende punições para Palmeiras e Corinthians

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou nesta quarta-feira os incidentes ocorridos dentro de campo no clássico entre Corinthians e Palmeiras, no dia 4 de dezembro, no Pacaembu, pela última rodada do Brasileirão, quando os corintianos conquistaram o título. E aplicou punição em quatro jogadores, sendo três deles palmeirenses - todos devem cumprir a pena na próxima competição nacional que disputarem, mas ainda cabe recurso.

AE, Agência Estado

21 de dezembro de 2011 | 17h43

A maior pena ficou com o atacante Luan, que foi condenado a cinco jogos de suspensão após ter dado um chute pelas costas no rival corintiano Jorge Henrique durante a confusão ocorrida já no final do clássico. A agressão não foi punida pelo árbitro em campo, mas o STJD utilizou as imagens da TV para julgar o jogador do Palmeiras.

Por ter sido expulso no clássico, após atingir Jorge Henrique com uma entrada dura, o meia Valdivia recebeu dois jogos de suspensão e vai desfalcar o Palmeiras na abertura da Copa do Brasil de 2012. E o volante João Vitor, que também recebeu o cartão vermelho por causa de uma falta em Jorge Henrique, foi suspenso por uma partida pelo STJD.

Além dos três palmeirenses, dois jogadores do Corinthians foram julgados nesta quarta-feira pelo STJD, ambos por expulsão no conturbado clássico paulista no Pacaembu, cujo placar ficou no 0 a 0. O zagueiro Leandro Castán foi absolvido e ficou livre de qualquer punição, enquanto o também zagueiro Wallace recebeu suspensão de dois jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.