Classificada, Bélgica tenta justificar o rótulo de 'sensação' da Copa

Seleção belga tem geração talentosa, mas que não mostrou o bom futebol esperado. Nesta quinta, enfrenta a Coreia pela liderança

Ciro Campos e Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

25 de junho de 2014 | 22h44

A badalada Bélgica já está com vaga garantida na próxima fase da Copa e, contra a Coreia do Sul, na Arena Corinthians, tem a missão de confirmar o primeiro lugar na chave e tentar encontrar o futebol que tanto se espera dela. A candidata a sensação do Mundial ganhou as duas partidas anteriores com atuações pouco convincentes e sabe que precisa começar a melhorar para não se complicar nas oitavas de final.

A Bélgica precisa de um empate para confirmar a liderança e escapar de um possível confronto com a Alemanha. A Coreia do Sul demonstrou fragilidade nas duas primeiras partidas e precisa de uma vitória por goleada, além de torcer por um tropeço da Argélia.

Após passar invicta pelas Eliminatórias, a Bélgica chegou à Copa como cabeça de chave e temida pelo elenco repleto de jogadores talentosos que atuam em grandes clubes. Porém, quando o torneio começou, a expectativa ao redor da equipe esfriou. Foram duas vitórias magras sobre Argélia (2 a 1) e Rússia (1 a 0), ambas com atuações ruins e gols marcados por jogadores que vieram da reserva.

O jogo marca o encontro de dois técnicos que já se enfrentaram como jogadores. Hong Myung Bo e Marc Wilmots estavam em campo no empate em 1 a 1 entre as seleções na Copa da França, em 1998. “A Bélgica já está classificada e, por isso, acho que eles estarão mais relaxados e não haverá tanta tensão. Ainda assim, é uma equipe habilidosa e precisamos estar no nível deles”, disse o treinador da Coreia do Sul.

Wilmots disse que pretende escalar uma equipe com vários jogadores reservas. No treino de reconhecimento, o zagueiro Kompany e o lateral Vermaelen sentiram dores musculares e foram poupados. “Vou poder testar jogadores frescos, que não atuam há três semanas e estão loucos por uma chance”, disse.

FICHA TÉCNICA

COREIA DO SUL X GANA

COREIA DO SUL - Sung-Ryong; Yong-Lee, Young Gwon, Suk-Young e Jeung-Ho; Kook-Youn, Chung-Yong, Sung-Yueng e Heung-Min; Chu-Young e Ja-Cheol. Técnico - Hong Myung Bo

BÉLGICA - Courtouis; Vanden Borre, Van Buyten, Lombaerts e Vertonghen; Defour, Fellaini, De Bruyne e Hazard (Dembélé); Mertens e Lukaku (Origi). Técnico - Marc Wilmots

JUIZ - Benjamin Williams (AUS)

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo

HORÁRIO - 17 horas

TRANSMISSÃO - ESPN, SporTV 2 e Fox Sports 2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.