Classificado, Palmeiras agora tenta conter euforia

Apesar da boa fase da equipe, jogadores buscam concentração para não serem surpreendidos nas semifinais

Redação,

30 de março de 2008 | 12h09

A fase no Palmeiras não poderia ser melhor. Além de garantir a classificação à semifinal do Campeonato Paulista com a vitória sobre o São Caetano, o clube atingiu o oitavo triunfo seguido e o 12.º jogo sem derrota. No entanto, os jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo querem conter a euforia.   Veja também:  Assista os gols da vitória do Palmeiras Ouça a transmissão da Eldorado/ESPN   "Dou os parabéns aos meus jogadores, pois eles foram merecedores dessa classificação. O time entendeu aquilo que eu disse há algum tempo e demos a volta por cima", explica Luxemburgo. "Mas eles sabem que ainda falta muita coisa. Esse foi apenas o nosso primeiro passo."   Principal jogador do time, o chileno Valdivia disse que a classificação foi um prêmio para o grupo. El Mago, porém, sabe que a disputa das semifinais será outro campeonato. "Nós sempre acreditamos que poderíamos avançar. Mas agora é saber que vamos ter pela frente uma nova competição. O grupo está muito concentrado e não vamos deixar que a euforia que vem de fora nos contagie."   Valdivia recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São Caetano e não enfrenta no próximo final de semana o Grêmio Barueri, em jogo que pode consolidar o time de Palestra Itália na liderança do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.