Claudecir terá várias funções no jogo

O volante palmeirense Claudecir tem, neste sábado, uma função nada fácil no clássico: tentar parar os rápidos atacantes corintianos e ainda evitar que Jorge Wagner e companhia armem as jogadas adversárias. E vai tentar, também, intrometer-se no ataque, afinal, é, de longe, o melhor cabeceador do time do Palmeiras. Já fez três gols no Campeonato Paulista, todos de cabeça, e sabe que um golzinho contra o rival terá sabor especial.Mas nada parece impossível para esse valente jogador, que, nos últimos dias, comprou outra briga, uma sadia briga: contra a fome. Esse adversário, mais perigoso que o Corinthians, começará a ter forte marcação do palmeirense. Desde o fim de 2002, Claudecir vende camisas autografadas, por meio de seu site na internet, e distribui o que arrecada a instituições de caridade. A partir de abril, usará o dinheiro para comprar alimentos para o Projeto Fome Zero. O acordo foi feito entre sua assessoria e o ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz, que gostou da iniciativa.Dentro de campo, promete também ser leal e garante que tomará cuidado para não ser mais expulso - recebeu dois cartões vermelhos no Paulista. Mesmo assim, Claudecir não deixará de falar grosso e já mandou recado para o corintiano Vampeta, que diz que seu time é favorito no clássico deste sábado. "Posso falar ao Vampeta que não há favoritismo nenhum."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.