Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Claudinei Oliveira confirma que foi efetivado no comando do Santos

Treinador assinou contrato com o clube válido até o fim de 2013

SANCHES FILHO, Agência Estado

30 de agosto de 2013 | 12h36

SANTOS - Claudinei Oliveira é o técnico do Santos mais do que nunca, e a eliminação da Copa do Brasil, na última quarta-feira, com a derrota para o Grêmio por 2 a 0, não mudou sua situação. Nesta sexta-feira, o treinador confirmou que assinou um novo contrato com o clube válido até o final de 2013, mas que poderá ser prorrogado por mais um ano.

"Fiz um contrato com o Santos até o final do ano. Há a opção de prorrogar o contrato até o final da gestão, em 2014. Pelo tempo que estou dirigindo o Santos, fica difícil trabalhar com qualquer outro técnico que venha e por isso, formulamos um contrato que está em vigor. Por isso, fica difícil a situação de voltar a ser auxiliar", disse.

Claudinei assinou um novo contrato há duas semanas e também recebeu um aumento salarial. Ele recebia cerca de R$ 11 mil como treinador do Sub-20 do Santos e agora passa a receber R$ 80 mil mensais como treinador efetivo do time.

Após a demissão de Muricy Ramalho em julho, Claudinei assumiu o comando do time, inicialmente de forma interina. O clube chegou a negociar a contratação de Marcelo Bielsa. Além disso, os nomes de Gerardo Martino e Ney Franco chegaram a ser especulados, mas a chegada de nenhum deles se concretizou.

O treinador, que conquistou o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior no início deste ano, já dirigiu o time principal em 17 partidas, com seis vitórias, sete empates e quatro derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.