Claudinei Oliveira exalta garotos do Santos após classificação

Sob o comando do técnico interino, time da Vila consegue avançar às oitavas da Copa do Brasil

AE, Agência Estado

25 de julho de 2013 | 09h25

CATALÃO - Depois de um empate por 1 a 1 em casa, o Santos reagiu, venceu o Crac por 2 a 0 mesmo atuando em Goiás, na última quarta-feira, e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Os jovens Gustavo Henrique e Léo Cittadini foram os autores do gol, representando a cara dessa nova fase do time da Vila Belmiro, que tem reagido na temporada graças à qualidade dos jovens revelados na base.

"Foram sete que saíram da base e começaram jogando um jogo em que estávamos em desvantagem. Coloco a garotada porque acho que temos bons jogadores na base. Ponto. Eles podem entrar em jogos assim. Se errasse, era o Claudinei que ia errar, mas confio no grupo, não preciso dar resposta. A decisão é essa", declarou o técnico interino Claudinei Oliveira.

O treinador ainda garantiu que em nenhum momento pensou em entregar a partida para o adversário, mesmo sabendo que a eliminação faria com que a equipe disputasse um torneio continental: a Sul-Americana.

"Estou começando agora minha carreira e venho para perder o jogo? Como ia falar para meus jogadores fazerem isso? Vamos entrar para perder e jogar Sul-Americana? Como fazer isso? Prefiro passar para a próxima fase e arriscar ser eliminado, mas manter a cabeça erguida, do que ir para a Sul-Americana, que não tinha garantia nenhuma de que seríamos campeões também", disse Claudinei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.