Divulgação/Avaí FC
Divulgação/Avaí FC

Claudinei Oliveira vê confronto contra o Coritiba como 'decisão' para o Avaí

Equipe catarinense está na 18ª colocação com 35 pontos, mesmos do rival paranaense, acima na tabela

Estadao Conteudo

04 Novembro 2017 | 09h26

"É uma decisão". Foi assim que o treinador Claudinei Oliveira traduziu o significado do duelo do Avaí diante do Coritiba, neste sábado, às 21 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time catarinense está na zona de rebaixamento e precisa vencer para ultrapassar o próprio rival na tabela de classificação. É decisivo porque ambos têm 35 pontos.

"O Avaí mudou seu estilo de jogo e está correndo mais risco. Precisamos de quatro vitórias para livrar o rebaixamento e, por isso, vamos arriscar um pouco mais. Não que o empate seja um mau resultado, mas não vamos pensar nisso", disse o técnico, preocupado com o 18.º lugar.

Mas o treinador sabe que seu time atua melhor fora de casa e cita exemplos positivos anteriores. "A ideia é criar um pouco de dificuldade para o Coritiba e tirar proveito disso. Nós já conseguimos bons resultados fora contra o Vitória (1 a 0), Sport (1 a 0) e Ponte (2 a 1) há duas rodadas. Respeito o trabalho do Marcelo Oliveira, uma grande pessoa, e os atletas, mas para gente é uma decisão", reforçou Claudinei Oliveira.

O técnico encerrou a preparação do time nesta sexta-feira. A única mudança será o retorno de Capa na lateral esquerda, já que João Paulo cumpre suspensão automática. O experiente Marquinhos segue no meio de campo, enquanto que Luanzinho, Júnior Dutra e Romulo formam o trio ofensivo.

"Capa foi titular em mais de 50 jogos sob meu comando, só saiu pelos méritos do João Paulo, que vinha treinando muito bem. É natural o jogador querer jogar sempre, mas o grupo está muito bem, focado e ciente do que precisa para atingir seu objetivo", acrescentou o treinador. Na última rodada, o Avaí empatou em casa com o Grêmio por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.