Mario Ruiz/ EFE
Mario Ruiz/ EFE

Claudio Bravo desfalcará o Chile nas Eliminatórias da Copa

Motivos do corte não foram divulgados; goleiro trocou Barcelona pelo Manchester City

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2016 | 16h19

A seleção chilena terá um desfalque de peso para os dois próximos compromissos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. A Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile comunicou que o goleiro Claudio Bravo foi cortado dos confrontos com Paraguai e Bolívia.

Capitão e titular absoluto da seleção chilena, Bravo trocou recentemente o Barcelona pelo Manchester City. A federação não detalhou as razões para a ausência do goleiro, apenas explicando que se trataram de "motivos pessoais-familiares" em um comunicado publicado no seu site oficial.

Sem Bravo, o técnico Juan Antonio Pizzi terá que optar entre os goleiros Paulo Garcés, do Colo Colo, Cristopher Toselli, da Universidad Católica, e Miguel Pinto, do O´Higgins, para escalar a sua seleção.

O Chile vai enfrentar o Paraguai na próxima quinta-feira, em Assunção, e depois receberá a Bolívia, em Santiago, no dia 6 de setembro. Campeã da Copa América Centenário, a seleção ocupa o quarto lugar nas Eliminatórias para o Mundial da Rússia com dez pontos, atrás de Uruguai e Equador, ambos 13, e da Argentina, com 11.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.